Vinho Italiano

Estradas de vinhos na Toscana + Hospedagem em vinícolas

Conheça algumas das mais famosas estradas de vinho da Toscana, e descubra algumas vinícolas onde é possível se hospedar.

Vinícola - Toscana - Itália

Existem várias rotas do vinho na Toscana, cada uma em torno de uma região produtora de determinados vinhos. Vou destacar duas delas, juntamente com alguns hotéis em vinícolas de cada região.

1. Strada del vino del Chianti

Primeiro, a rota dos vinhos mais conhecidos na Toscana é a Strada del vino Chianti. Nesta trilha, melhor do que visitar as vinícolas é visitar as pequenas cidades medievais, onde você pode saborear vinhos (e comida local) de produtores, tanto grandes quanto pequenos, e são esses que produzem vinhos deliciosos e que não chegam ao Brasil. Além disso, as melhores vinícolas da região não aceitam visitas de turismo sem marcar com antecedência, ou com um guia de turismo. É uma boa desculpa para desfrutar da atmosfera das cidades, as pessoas, a vida …

Vinícola - Toscana - Itália

Uma opção saindo de  Florença, é pegar a rodovia A1 sul, então SS69 para Radda in Chianti (cerca de 60 km), depois SR 429 para Castellina in Chianti, e depois a SR 222 para Greve in Chianti. Já a  SR222 te levará de volta para Florença.

Conheça Greve in Chianti, Panzano in Chianti, Radda in Chianti, Castellina in Chianti … entre tantas outras lindas cidades no caminho.

Hotéis que são vinícolas:

castelo di spaltema

castello leccia

  • Castello La Leccia – um castelo do século XI, com piscina ao ar livre. A propriedade está situada no alto de uma colina, e dispõe de terraço com vista da paisagem campestre da Toscana. Castellina in Chianti fica a 2 km de distância.

hotel-castello-di-casole-9

  • Hotel Castello di Casole – Este antigo castelo em Casole D’Elsa oferece suítes elegantes e está localizado a 30 km de Siena, rodeado pela paisagem campestre da Toscana, dispõe de uma piscina ao ar livre, spa, academia e 2 restaurantes.

castel delgabbiano

  • Castello de Gabiano  fica em Mercatale Val De Pesa e está instalado em um castelo histórico que remonta ao século XIV, em meio a 100 hectares de vinhas e olivais. A propriedade fica em uma fazenda e tem diversas trilhas a pé entre as vinhas. O jardim espaçoso inclui uma piscina ao ar livre.

Castell del nero

  • Castel del Nero – fica em Tavernelle Val Di Pesa, entre Florença e Siena, e o edificio é do século XII. A propriedade conta com o spa com piscina ao ar livre, quadra de tênis, trilhas a pé, ciclismo, equitação, sauna, Academia, Solário, spa/centro de bem-estar, serviços de massagem, banheira de hidromassagem, banho turco/sauna a vapor, aluguel de bicicletas, biblioteca, estacionamento gratuito, os quartos  apresentam um design exclusivo com afrescos originais ou tetos com vigas. Todas as áreas do castelo oferecem vista panorâmica da paisagem campestre da Toscana, com vinhas e oliveiras. O Restaurante La Torre conta com 1 estrela Michelin, está situado no antigo estábulo do castelo e oferece um menu à la carte acompanhado de uma seleção de vinhos locais. O Restaurante La Taverna serve especialidades toscanas.Ainda este oferece o serviço de translado de ida e volta para Florença e Siena, disponível com horário fixo.

2. Strada del vino de Montepulciano a Montalcino:

A segunda opção de rota é, na verdade, uma combinação de duas estradas: a Strada del Vino Nobile di Montepulciano e Strada del vino Brunello di Montalcino. Montepulciano está localizado 110 km ao sul de Firenze. 

Para chegar a Montepulciano, pegue primeiro a A1 sul em Florença, então SS 327 até Montepulciano. Esta é também uma cidade medieval, cercada por muros, com castelos e ruínas da época dos etruscos. Há também vários bons restaurantes e enotecas. Lembre-se: esta região não só produz um bom vinho, mas também alguns dos melhores queijos e azeites da Itália. Outra boa dica: Nesta região, há uma série de spas e hotéis que oferecem tratamentos com água termal. Não é uma boa maneira de desintoxicação depois de tanto beber vinho?

Vinícola - Toscana - Itália

De Montepulciano, pegue a SS 146 até Pienza, uma pequena cidade medieval, com uma das mais intensas atividades agrícolas na região. É a casa do famoso queijo pecorino Pienza, muito mais apreciado na Itália. 

De Pienza, continuar na SS 146 até a SP 14 até chegar Montalcino. Montalcino é o lar do mais famoso vinho italiano: o Brunello di Montalcino. Brunello é uma variedade de uva, também conhecida como Sangiovese Grosso, que dá o nome ao vinho. Para voltar a Florença (cerca de 140 kms), pegue a rodovia SR 2 norte até Siena, em seguida, pegue a Autostrada Siena-Firenze.

Conheça: Montepulciano, Montalcino, Pienza e San Quirico D’Orcia.

Hotéis que são vinícolas:

Castello-di-velona-castle

  • Castello de Velona: Situado em uma colina com vista para Val d’Orcia, o Castello Di Velona ocupa um castelo restaurado do século X. Possui trilhas a pé, ciclismo, equitação, sauna, academia, solário, spa/centro de bem-estar, serviços de massagem, banheira de hidromassagem, banho turco/sauna a vapor, piscina coberta (o ano inteiro), piscina termal, aluguel de bicicletas, biblioteca, os quartos são amplos e luxuosos, com vista para os vinhedos da Toscana. São decorados com móveis de época e tecidos bordados, e dispõem de ar-condicionado, uma lareira, banheiro revestido em mármore.

banfi

  • Castello Banfi:  está situado no topo de uma colina, a 10 km de Montalcino, oferecendo vista dos vinhedos da propriedade. Este hotel conta com piscina ao ar livre e academia, além de vinícola e adega próprias, restaurante, WiFi gratuito, acomodações apresentam teto com vigas de madeira e decoração em estilo toscano.

borgosan felice

  • Borgo San Felice:  está localizado em Castelnuovo Berardenga, no coração da área vinícola de Chianti. O hotel dispõe de quartos espaçosos, com móveis de época, piscina e vista panorâmica, bicicletas para alugar, quadra de tênis e um putting green no local, Spa com uma série de tratamentos de beleza e é especialista em terapia do vinho. O restaurante do hotel, o Poggio Rosso, serve pratos da cozinha toscana e tem uma seleção de mais de 500 vinhos.

castiglion

  • Rosewood Castiglion del Bosco fica na cidade do mesmo nome, é um resort de luxo na paisagem campestre da Toscana localizado a 12 km de Montalcino. A propriedade dispõe de quartos confortáveis, piscina ao ar livre com vista panorâmica e WiFi gratuito. O Hotel possui uma academia, sauna e banho turco. A propriedade também oferece passeios de degustação de vinhos em sua própria adega e vinícola.

E você ja fez alguma dessas estradas? Já ficou em alguns desses hotéis? Conta pra gente no comentários.

 

Mapa

 

Sobre Deyse RibeiroDeyse Ribeiro é natural de Minas Gerais, mas vive na Toscana desde 2007. Fez curso de sommelier na FISAR, master em Wine Expert (Academia del Gusto) e Guia Enológica na Itália. É empresária, guia de turismo, especialista em turismo de experiência na Itália, além de editora do Portal Tour na Itália, e deste site.

52 comentários em “Estradas de vinhos na Toscana + Hospedagem em vinícolas”

  1. Deyse, Boa Noite!!

    Estou planejando uma viagem à Italia em Outubro e gostaria de dicas sobre Firenze.
    É possivel fazer passeio nas vinhas de Chianti e Montalcino de trem partindo de Firenze? Nao queria alugar carro e ficarei 4 noites em Firenze, queria visitar algumas vinicolas.
    No mais irei à Roma e Veneza…

    Obrigada

    1. Ola Maira, não ha como visitar as vinícolas de trem, porque em greve em chianti não ha estação de trem, nem em Montalcino, e ainda, sendo vinícolas, elas são mesmo fora das cidades, na zonas rurais, então não daria.
      Se quiser ir a Chianti, você pode pegar um ônibus de Florença para Greve in Chianti, e lá há várias enotecas.
      Para ir a Montalcino, eu indico ir de trem a Siena e de lá pegar um ônibus
      Escrevi sobre transporte publico da Toscana no meu outro blog aqui, veja: http://passeiosnatoscana.com/2015/03/26/como-usar-o-transporte-publico-para-conhecer-a-toscana/
      Outra opção é fazer os passeios guiados em grupo, veja na Viator algumas opções que visitam vinícolas: http://www.partner.viator.com/pt/16296/Florenca/d519-ttd?activities=all
      Boa viagem e abraços!

  2. Jurema Boente

    Sugiro incluir na sua bela relação o Relais Chateaux Il Falconieri, situado em Cortona, que também dispõe de uma vinícola e é um charme de hotel com um restaurante agraciado com uma estrela no Michelin!

  3. Fernanda Carvalho

    Boa Tarde Deyse, adoro seu blog e estou tirando várias dicas daqui.
    Irei a toscana em abril/2016. Estou a procura de alguém que faça uma sessão de fotos na região. Você teria alguém para me indicar?
    Abraços,
    Nanda.

  4. Jéssica Wechwert

    Olá Deyse.
    Eu e meu namorado estamos indo para europa e vamos passar pela toscana, gostaria de saber se pode me ajudar, estou procurando um passeio pela toscana, para conhecer as viniculas, salumerias etc…tem algum que seja bom e com preço acessivel para indicar??
    Obrigada!
    Beeijo

  5. vania britto

    Olá Deyse, vou me casar em dezembro e meu noivo ama vinhos, estávamos pensando em passar nossa lua de mel na Toscana, mas creio que por ser inverno, não seria uma boa época para visitar os vinhedos, você poderia me informar? obrigada

    1. Vania, eu realizo passeios nas vinicolas o ano todo, sempre é bom tomar um vinhozinho nao é? Porem, a diferença é que você nao vai ver as uvas carregadas, as videiras vão estar se folhas, mas da pra conhecer a vinícola, degustar e se apaixonar pela Toscana, mesmo no inverno. Boa viagem! Abs.

  6. Valeria Corte

    Ola Deyse, to bom?? Vou com meu marido para Florenca em novembro e vamos ficar 15 dias, o que você poderia me indicar? Queremos fazer a região da Toscana de carro e de trem. O que você me sugere para 15 dias? Obrigada Valeria

    1. Ola Valéria, indicar assim sem muito informação é sempre muito difícil. O que eu posso indicar é que dê uma olhada nestes dois textos que vou lhe passar, que lhe ajudam a organizar seu roteiro.
      http://passeiosnatoscana.com/2016/02/19/meus-conselhos-para-montar-seu-roteiro-para-toscana/
      http://passeiosnatoscana.com/2016/02/15/como-montar-seu-roteiro-na-toscana/
      E não se esqueça de baixar os mapas grátis aqui: http://passeiosnatoscana.com/2014/10/08/novidade-mapas-de-florenca-pisa-lucca-e-siena-gratis-para-download-no-blog/
      No meu outro blog voce encontra ainda muitas dicas de transporte na Toscana.
      Boa viagem!

  7. Deyse, boa tarde.
    Estou planejando ir com meu marido na segunda quinzena para a Toscana.
    Mas tenho receio de conseguir aproveitar a viagem por causa do clima e pela época, tenho receio de não conseguir visitar as vinícolas e algumas outras atrações pelo fato de ser a segunda metade de novembro.
    Você que já esta acostumada, o que pensas e sabe sobre meus questionamentos?
    Grata e obrigada pelas informações já cedidas, excelente matéria.
    Louise.

    1. Louise, as vinicolas fecham geralmente dezembro e janeiro, mas não todas.
      Porem voce deve sempre ter em mente que as vinicolas grandes fazem visitas rápidas e as vinicolas pequenas, que eu julgo as mais interessantes, com visita nos vinhedos e cantinas, somente fazem visitas com reservas, e isso voce consegue com passeios guiados particulares.
      Portanto, não se preocupe, a maioria não fecha esse periodo de novembro.
      Como eu constumo dizer, a Toscana pode ser visitada o ano todo.
      Boa viagem!

  8. Deyse,
    boa noite. Estou indo para a Toscana agora em dezembro.
    Gostaria de entrar em contato contigo para poder montar um roteiro para as vinícolas, já que você faz esse tipo de passeio.
    Como poderíamos nos comunicar para vermos roteiros e valores?
    Att.,
    Daene.

  9. Oi, Deyse.
    Vou para a Toscana na segunda quinzena de janeiro, e pelo que vi, muitos hoteis e restaurantes fecham nessa época. Vou ficar 4 noites em Firenze e gostaria de saber que outras cidades voce me sugere ficar. vou ficar mais 6 noites. Somos um casal com 2 filhas de de 14 e 11 anos. Havia pensado em San Gimignano ou Siena, Montalcino ou Pienza…Como estará muito frio, não sei se vale a pena ficar dentro das cidades, já que estarão com muitas atrações fechadas

  10. Oi Dayse,

    Irei em maio/2017 para Toscana e gostaria de fazer visita a um produtor do Pecorino Toscano em Pienza com uma aula sobre a fabricação. Seria possível ?

  11. Fabiane Frantz

    OI Dayse, estou pesquisando e pensando em realizar meu casamento na Toscana em 2018 no mês de maio para 60 pessoas, qual hotel com melhor custo benefício você me endica a intenção é de fecharmos de sexta pela manhã até domingo.

  12. Fabiana tobias

    Boa noite… Obrigada por compartilhar as informações. Para quem vai fazer as vinícolas sem se hospedar nos castelos que são vinícolas eh necessário fazer reserva antecipada? Muito obrigada

  13. Olá,
    Estou planejando uma viagem de férias para novembro a Italia.
    Ja estive na Toscana, hospedei me em Panzano in Chianti, não tem como não amar e quero muito voltar.
    Minha dúvida é quanto a época, como é a meteorologia em Novembro (temperatura média e chuva)?
    Penso tambem em ir a Sicilia, vale a pena nesta
    epoca do ano?

  14. Deyse, mandei um email solicitando orcamento (estarei na italia entre junho e julho) e quero fazer uma surpresa para a minha mae!

  15. Oi, Deyse! Tudo bem? Estou amando suas dicas! Mas fiquei com uma dúvida… gostei muito do primeiro hotel que vc indicou (Castello do Spaltena), mas não achei informação nenhuma (nem no booking, nem no próprio site do hotel) no sentido de que ele tb possua vinícula. Vc tem certeza dessa informação? Obrigada 🙂

      1. Obrigada pela resposta. Eu e meu marido estamos pesquisando sobre a Toscana para comemorarmos nosso aniversário de casamento. Amamos seu site e estamos muito interessados em fazer aquele passeio das vinículas que vc oferece. Em qual época conseguimos ver as uvas nos vinhedos? Em agosto já tem? E na última semana de setembro? Ainda tem? É uma boa época? Eu li em algum lugar que é nem hora até 20 de setembro… isso procede? Estamos indo mais pelas rotas dos vinhos, então isso é o mais importante para a gente. Estamos voltando de Napa Valley, mas ainda não havia nenhuma uva nos vinhedos. Agradeço desde já.

        1. Ola Vanessa. As uvas nos vinhedos você vê de junho à setembro. Porém elas estão cheias e bonitas de agosto à setembro. Não sabemos ao certo quando acontece a vendemmia porque depende do tempo, em geral é entre inicio de setembro e inicio de outubro.
          Que bom que gostou dos nossos passeios, escreve pra mim que eu lhe mando as opções e preços, o contato é info@passeiosnatoscana.com
          Boa viagem!

  16. Almiro José Feldens

    Deryse Ribeiro, bom dia. Vamos A Roma e Toscana, Florença e Veneza. Somos entre 8. A viagem será em janeiro 2018. Gostariamos visitar algumma vinícola, inclusive com hospedagem. Estarão funcionando em janeiro de 2018. Obrigado.

  17. Rina Gazzinelli

    Oi Deyse, somos de Belo Horizonte e eu e meu marido vamos fazer um curso de italiano e gastronomia em Florença, depois queremos conhecer um pouco do interior da Toscana, queríamos hospedar em algum castelo da Strada del vino del Chiate ou Strada del vino de Montipultiano e Montalcino que tenha vinícolas. Me inspirei na sua reportagem para conhecer uma vinícola e hospedar num castelo , mas não estou conseguindo reservar em nenhum destes castelos que você sugeriu. Nossa data é do dia 24 à 28/02/2018. Gostaria de entender o porque não tem hospedagem. Caso não tenha por causa do inverno peço que me indique um hotel neste estilo(castelo ou agriturismo bem bacana que eu possa conhecer também uma vinícola. Esta viagem é mais ou menos uma segunda lua de mel uma vez que faremos 40 anos de casados. Apesar da idade somos muito companheiros e apaixonados, por isto conto com sua indicação para este Hotel Castelo aconchegante.
    Obrigada e continue a nos dar dicas no seu blog.
    Rina Gazzinelli

  18. Jaime Norte

    Deise, boa noite(aqui). Estamos com viagem marcada para a itália a partir de 01/09/18. A principio começaremos por Milão e vamos rodar o norte da itália para por volta do dia 05/09 chegarmos a Toscana. Gostei do tópico -estradas-de-vinhos-na-toscana- e gostaria de sua ajuda guia para fazer o percurso das estradinhas toscanas e pequenas cidades do interior. Já conhecemos Florença de outra estada que passamos por ai. Gostaria de saber valores de seu trabalho, uma expectativa de dias pra tal roteiro e pousada rural, nas vilas dos habitantes do local.
    Meu nome é Jaime Norte e minha esposa é a Rosetta, de Paola(Calábria) mas vive no Rio desde que veio para o Brasil com 1,5 anos.
    Abraços.

  19. Jaime Norte

    Muito útil seu email. Obrigado pela atenção. mais perto da nossa data, voltarei a contactá-la.
    Abraço

  20. Elomar da Costa Cavalheiro

    Boa tarde, eu minha esposa estaremos na itália no período de 27Set a 08Out/18, e na região de Toscana entre 1 e 04Out, gostariamos de um guia para a rota do vinho, como podemos fazer??

  21. Mara Silvia Beira Pinheiro

    Deyse meu marido e eu conhecemos a italia há 4 anos por uma excursão de 12 dias conhecendo 14 cidades, desde Roma Veneza Pompeia Perugia Florença Piza Verona Napolis Milão Siena Sorrento Assis Padua Ferrara etc, claro, passamos rapidamente por todas nos pontos principais. Em meados de outubro estamos que rendo voltar e ficar na região de Toscana que gostamos muito vc nos daria assessoria?

  22. antonio carlos araujo

    Boa noite Deyse…a exemplo de um comentário anterior, gostaria de dicas (e orçamento de seu serviço, se for possivel) para conhecer o percurso das estradinhas toscanas e pequenas cidades do interior. Sairei de Florença no dia 24.10 pela manhã e teremos (eu e minha namorada, Viviane) até o dia 29 para conhecer a toscana, data em que chegaremos em Roma. Obrigado.

  23. Olá Deyse,

    Vamos para Sardenha de 20 a 22/12/2018, sabe me dizer se tem passeios de barco nessa data para la Madallena? (e enviar orçamento por e-mail?)

    Obrigada

  24. OLA, ESTAREI INDO PARA A ITALIA EM 16/03 E FICAREI NA TOSCANA DO DIA 22 AO DIA 29 PARA CONHECER AS CIDADES DA ROTA DO VINHO. DIA 28 SERA MEU ANIVERSARIO. VOCE PODE ME AJUDAR COM DICAS E VISITAS AS VINICOLAS?? DESDE JA AGRADEÇO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.